Páginas

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Às noivas – Como Escolher as Madrinhas?

Olá, meninas! Tudo bem com vocês?

Hoje quero falar de uma coisa que me fez pensar muito e, algumas vezes, tirou o meu sono: a escolha das madrinhas.  É um detalhe que deve ser muito bem analisado, afinal, MADRINHA É PRA VIDA TODA. Conheço muita gente que adora a ideia de colocar um vestido lindo e ficar ao lado da noiva no altar, mas que não está disposta a apoiar o casal no que eles precisarem depois do casamento. Por isso é importante que seja alguém com quem você tenha muita afinidade, alguém que você saiba que vai cumprir todas as suas atribuições, e não apenas “aparecer” no altar.



Atribuições das Marinhas

•        Ajudar a planejar o casamento, caso a noiva dê abertura.
•        É também de sua responsabilidade organizar o chá de cozinha, caso a noiva queira ter um.
•        Indicar fornecedores ou dar ideias de economia para o casal durante os preparativos.
•        No dia do casamento, deve ajudar a noiva a preparar-se, acompanhá-la nos momentos anteriores ao casamento, acalmando-a e dando-lhe apoio.
•        Durante a cerimônia religiosa, a madrinha deve assegurar-se que a noiva está sempre impecável, analisar se precisa ajudar a ajeitar o vestido, ou ajudar a retocar a maquiagem ou arrumar o penteado...
•        A madrinha deve também ser a responsável pelo buquê da noiva durante a cerimônia religiosa.
•        A madrinha deve estar ciente do seu papel, estando sempre atenta ao que a noiva precisa, e jamais se distrair pensando apenas em si mesma.



Que Critério Usei para Escolher Minhas Madrinhas?

Já contei aqui no blog que foi pesquisando sobre as atribuições das madrinhas que eu decidi colocar damas de honra adultas também. O principal motivo, é que das madrinhas que escolhi, a maioria não mora na minha cidade, e talvez não pudessem estar presentes em todos esses momentos.
Então, que critério usei para escolher minhas madrinhas? Partindo da ideia de que madrinha é para sempre, e do desejo que eu tenho de que nossos padrinhos continuem fazendo parte das nossas vidas de maneira muito próxima, analisei 10 anos da minha vida para fazer essa escolha. Pensei nas pessoas que não mudaram comigo durante todo esse tempo. Há uns 5 anos atrás, provavelmente outras pessoas teriam sido escolhidas, mas com o tempo muitas pessoas que eram muito próximas foram se afastando.
Por isso, pensei: “Se eu encontrar pessoas que em 10 anos foram sempre as mesmas comigo, manteram sempre igual a nossa amizade, há grande chance de continuarem assim”. Foi pensando assim que escolhi três das minhas madrinhas. As outras duas madrinhas eu não posso contar agora porque as escolhi, pois ainda não as convidei, e se elas lerem o post vão ficar sabendo antes do convite; daí não tem graça, né? Rsrs

Bom, noivinhas, espero ter ajudado vocês com essas dicas.
Agora quero saber das leitoras casadas: Como foi pra vocês escolher suas madrinhas? Tem mais alguma dica pra gente?

Um forte abraço e até o próximo post!

Melhor é serem dois do que um, porque (...) se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa.
Eclesiastes 4:9a e12


© BL Design - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianca Layouts ♥ EXCLUSIVO! ♥.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo